Auxílio Emergencial e Outras Ações

Se você é advogado e não sabe como se cadastrar no nosso sistema de processo eletrônico (eproc) ou precisa de ajuda do nosso suporte, clique aqui.

Para você que não é advogado existem, basicamente, 3 formas de entrar com uma ação na Justiça Federal.

1) A primeira delas é contratando um advogado particular, que é o profissional que tem a atribuição de representar os seus interesses em juízo. O advogado estudará o seu caso e vai te orientar, de forma técnica e qualificada, sobre a melhor solução para o seu problema

2) A segunda forma é com a Defensoria Pública da União, órgão que atende pessoas que não podem pagar um advogado, oferecendo assistência jurídica integral e gratuita a todos que possuam renda de até 3 salários mínimos (por família) ou que não possam bancar custos honorários advocatícios sem prejuízo do sustento familiar.

3) Finalmente, a terceira forma é sem um advogado particular ou defensor público, entrando em contato diretamente com a Justiça Federal mais próxima de você. Temos servidores disponíveis para ouvir a sua reclamação e, após uma breve análise, faremos o encaminhamento da sua questão e, se for o caso, vamos entrar com uma ação para você. Mas, atenção! Somente é possível entrar com uma ação sem advogado ou defensor público em algumas causas de até 60 salários mínimos.


AUXILIO EMERGENCIAL

Para ingressar com ação envolvendo o indeferimento do auxílio emergencial sem assistência de advogado ou defensor público no âmbito da Seção Judiciária do Paraná, acesse o Sistema Digital de Atermação e preencha o formulário com as informações, dados e documentos solicitados.


OUTRO TIPO DE AÇÃO

Se você deseja entrar com uma ação sem advogado nos Juizados Especiais Federais, clique aqui!


JFPR no Facebook JFPR no Twitter JFPR no Flicker  JFPR no Youtube

Aplicativos Eproc

Loja Google Play Loja App Store
www.jfpr.jus.br