Este Portal utiliza a tecnologia de cookies para melhorar sua experiência de navegação.

Para maiores informações, acesse nossa página de Política de Privacidade.

RESPONSABILIDADE SOCIAL

Em todo o Paraná, Justiça Federal realiza projetos sociais em prol do mais necessitados

24 de setembro de 2021 - 16:46
Este navegador não suporta o leitor de texto.
25 de Setembro, Dia da Responsabilidade Social. A arte apresenta duas fotos: uma de pessoas de mãos dadas e outra de pessoas arrumando donativos.
JFPR no Facebook
JFPR no Twitter
JFPR no Whats

No dia 25 de setembro, é comemorado o Dia da Responsabilidade Social. Na Seção Judiciária do Paraná, as ações de responsabilidade social englobam práticas que contribuem para o desenvolvimento sustentável, à preservação do meio ambiente e à construção de uma sociedade melhor. A data serve de reflexão sobre como cada um pode contribuir, tendo como essência evidenciar a capacidade de transformar a realidade por meio da ajuda coletiva. 

Esse ideal é compartilhado em toda a Justiça Federal do Paraná, onde as Subseções ou Varas Federais ajudam em algum projeto em seus respectivos municípios. Para destacar a importância da mensagem do Dia da Responsabilidade Social e o trabalho realizado por magistrados e servidores, apresentamos algumas iniciativas que inspiram o nosso melhor.

Apucarana

A 1ª Vara Federal de Apucarana tem o projeto chamado “Caixinha Solidária”. O valor arrecadado entre os servidores é usado para alguma ação social e teve como inspiração um projeto semelhante realizado por outra Subseção Judiciária do Paraná. A compra de cestas de Natal para os colaboradores terceirizados e aprendizes, custeamento de palestras, compra de tablets para alunos carentes, estão entre as práticas realizadas. Recentemente, houve arrecadação de alimentos em decorrência da Campanha de Vacinação da gripe na SJPR que foram doados a um lar que acolhe crianças.

Curitiba

Na capital do Estado, a 7ª Vara Federal arrecada fundos para ajudar na aquisição de cestas básicas para famílias em vulnerabilidade social e fraldas para pessoas acamadas e carentes.  Os servidores participam também de outros vários projetos que envolvem: pagamento de despesas básicas como energia elétrica e água; realização de atividades de contraturno para as crianças, como aulas de capoeira, balé e demais tipos de artes; doações de cestas básicas, lanches, roupas, calçados, brinquedos para famílias em situação de rua. 

Os servidores da 16ª Vara Federal de Curitiba ajudam crianças no fim do ano. No Natal, elas recebem brinquedo, calçado e uma roupa, comprados com a arrecadação do grupo. A unidade também presenteia um funcionário terceirizado com uma cesta de Natal.

JusCidadania

A Associação JusCidadania em Curitiba foi fundada por um grupo de servidores com o objetivo de promover ações para auxiliar as pessoas mais vulneráveis em campanhas periódicas. A associação gerencia uma estrutura administrativa para coordenar as arrecadações e investimentos para auxílios assistenciais. Dentre as iniciativas realizadas estão as campanhas de Páscoa, Dia das Crianças, Natal e as que acontecem no inverno. Além dessas iniciativas, a associação apoia um projeto de Apadrinhamento Afetivo de crianças e adolescentes acolhidos em instituições de Curitiba e Região Metropolitana: o Projeto Dindo.

Curitiba: pessoas em situação de rua receberam alimentos, material de higiene e cobertores dos voluntários

Núcleo de Documentação e Memória

A Seção da Memória da JFPR também possui uma atividade relacionada à responsabilidade social. Para manter seu acervo atualizado, o NDOCM doa livros, códigos e periódicos para bibliotecas ou entidades sem fins lucrativos, caso nenhuma entidade pública manifeste interesse. A Seção realiza também a venda de papel dos processos físicos considerados aptos para eliminação, sendo que o valor arrecadado é destinado a entidades assistenciais sem fins lucrativos.  

A venda do papel dos processos físicos vai para entidades assistenciais sem fins lucrativos

Guarapuava

A 1ª Vara Federal de Guarapuava ajuda as instituições da cidade com alimentos, roupas e valores. Em uma campanha recente, a Vara ajudou famílias cadastradas nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAs) que estariam na pior condição, sendo que os próprios servidores da Subseção entregaram em domicílio roupas, cobertores e cestas básicas. As campanhas realizadas pelos servidores de Guarapuava são periódicas e surgem de acordo com a necessidade da comunidade local e são organizadas pelos integrantes da equipe de Voluntariado, mas contam com a colaboração e adesão de magistrados, servidores, estagiários, familiares e amigos, criando uma rede em prol do auxílio daqueles que mais necessitam.

As campanhas realizadas pelos servidores de Guarapuava são periódicas e surgem de acordo com a necessidade da comunidade local

Maringá

Em Maringá, a 6ª Vara Federal possui um voluntariado dos servidores da JFPR associados ao Projeto Social Juscidadania, responsável pelo desenvolvimento de campanhas de arrecadação de alimentos, dinheiro, brinquedos, entre outros, para doação às pessoas necessitadas. Em relação à responsabilidade ambiental, a JF de Maringá foi a primeira a não utilizar copos descartáveis, instruindo magistrados e servidores a não utilizarem o material plástico. 

Resultado em Maringá: arrecadação de alimentos, dinheiro e brinquedos para ajudar o próximo

Londrina

Em Londrina, a 7ª Vara Federal trabalha com diversos polos de auxílio, atuando com o recolhimento de lacres e tampinhas para entrega para o Hospital do Câncer, intercalando com ONG ‘s de proteção animal. Além disso, realiza campanhas de doação de alimentos e de bens de necessidade para crianças de escolas carentes. O pessoal da Vara iniciou também estudos a respeito de um projeto de uma horta coletiva para atender um lar para crianças, inclusive com viés pedagógico. Diferentes Varas de Londrina realizam ações voltadas à responsabilidade social, como a 1ª Vara Federal, que foca na doação de cestas básicas para instituições de caridade. 

Paranaguá

Na única Vara Federal de Paranaguá, sempre acontecem campanhas de arrecadação de alimentos, brinquedos e roupas. A ideia surgiu a partir da iniciativa de um dos servidores, que inspirou a participação de muitos. Com isso, a Subseção começou a desenvolver campanhas regularmente para ajudar crianças e seus familiares. 

Paranavaí

A 1ª Vara Federal de Paranavaí possui uma forte atuação socioambiental, por intermédio do magistrado, servidores, estagiários e funcionários terceirizados  que participam contribuindo em diversas ações voltadas à redução de consumo de energia e de papel. Entre as atividades, inclui a destruição e descarte apropriado de bens apreendidos, sendo os resíduos doados à cooperativas de materiais recicláveis. Os servidores e magistrados da Subseção providenciam também lanches para serem servidos às partes de processos previdenciários convocadas para perícias médicas e doam alimentos e fraldas geriátricas para entidades assistenciais do município.

Atuação socioambiental em diversas frentes em Paranavaí

Pato Branco

Em Pato Branco, a 1ª Vara Federal tem o “Cantinho da Sustentabilidade”. A ideia é coletar caixas de leite, tampinhas plásticas, lacres de metal, cápsulas de café e pilhas/baterias, que posteriormente são destinados a entidades ou empresas que trabalham com esse tipo de material. Além disso, os servidores mantêm ativo um grupo de WhatSapp chamado “Corrente do Bem”, para contribuir com entidades beneficentes da cidade. Sem regras e obrigatoriedades, todos ajudam a decidir quem receberá auxílio e doações, que vão desde alimentos, material de higiene, recursos financeiros ou insumos para trabalhos manuais.

O Cantinho Sustentável funciona a todo vapor em Pato Branco

Ponta Grossa

No ano de 2021, a Subseção Judiciária de Ponta Grossa realizou diversas ações sociais. Na Campanha de Páscoa foram entregues 86 caixas de bombons aos terceirizados, Guarda Mirim e Centro Espírita Fé e Caridade. A Campanha de Inverno destinou 90 cobertores para a Casa da Acolhida. Também foram realizadas campanhas para a doação de alimentos em que foram arrecadadas 5 cestas básicas e 205 kg de alimentos repassados à Igreja Presbiteriana Hebrom. Atualmente existem campanhas em andamento para a arrecadação de Leite Nutrem 1.0, essencial para o tratamento de mulheres que luta contra o câncer, e para doação de brinquedos novos ou usados que serão entregues à Liga Feminina de Combate ao Câncer.

Campanha de arrecadação de alimentos realizada na Subseção Judiciária de Ponta Grossa

Telêmaco Borba

A 1ª Vara Federal de Telêmaco Borba mantém um posto de arrecadação de roupas, sapatos, brinquedos e fraldas  (infantis e geriátricas). Os donativos são repassados para instituições da cidade, acompanhando campanhas da Assistência Social, Abrigo de Idosos e outros grupos de caridade. A Subseção também mantém ponto de descarte de pilhas, baterias, lâmpadas queimadas e medicamentos vencidos, além de arrecadar lacres de alumínio que recebem o destino adequado. 

Resultado da arrecadação que acontece na Vara Federal de Telêmaco Borba. Tudo é destinado para instituições da cidade

Umuarama

Na 1ª Vara Federal de Umuarama os servidores participam de campanhas sociais realizadas por instituições locais. Este ano, por meio da arrecadação de cobertores, roupas e sapatos, a ajuda foi para a Campanha de Inverno da Casa da Sopa, uma instituição da cidade que serve duas refeições gratuitas por dia para aqueles que vivem em situação de rua. Além de ajudar os necessitados a não sentirem fome, quem procura a ONG recebe as doações oferecidas pela população. Campanhas para o Dia das Crianças também já entraram na lista dos projetos que a Vara Federal ajuda. 

Resultado de uma das últimas ações realizadas em Umuarama. O foco foi ajudar as pessoas em situação de rua

Tópicos relacionados

Outras notícias

Todas as notícias
JFPR no Facebook (link externo) JFPR no Twitter (link externo) JFPR no Flicker (link externo)  JFPR no Youtube (link externo) JFPR no Instagram (link externo)

Aplicativos Eproc

Loja Google Play Loja App Store
www.jfpr.jus.br