Este Portal utiliza a tecnologia de cookies para melhorar sua experiência de navegação.

Para maiores informações, acesse nossa página de Política de Privacidade.

álcool

Empresa de alimentos tem autorização judicial para produção de álcool

16 de abril de 2020 - 17:28
Este navegador não suporta o leitor de texto.
mão pressionando o dispenser de álcool gel e a outra mão abaixo para receber o álcool
JFPR no Facebook
JFPR no Twitter
JFPR no Whats

O juiz federal de Wesley Schneider Collyer, da 1ª Vara Federal de Campo Mourão, autorizou uma empresa produtora de alimentos fabricar álcool 70% em razão da atual pandemia. A ação foi movida em face a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para obter os efeitos da Resolução RDC 350/2020. 

O pedido inicial  também se estende a suprimir a necessidade de obtenção de Certificado de Autorização e Funcionamento (AFE e/ou AE) para a produção, fabricação, manipulação, envasamento, distribuição e todos os demais atos necessários para comércio do produto na forma líquida e/ou em gel. Embora a análise dos pedidos de AFE que tenham relação com o Covid-19 estejam sendo priorizados para emissão da autorização em até 48 horas, a Anvisa informou que não seria possível realizar o protocolo do pedido, por não se tratar de empresa fabricante de medicamentos, saneantes ou cosméticos, razão pela qual necessita da AFE. Além disso, a vigilância sanitária não está emitindo autorizações para estabelecimentos que queiram fabricar álcool 70% na situação de pandemia. 

Em sua decisão, o magistrado deixa registrado que “é público e notório que a pandemia do novo coronavírus está causando escassez de álcool gel em todas as localidades. Além disso, o Procon dos municípios registraram reclamações de preços abusivos do produto, enquanto a autora se compromete a cobrar preço razoável – R$7,50 por litro”.  A ordem judicial visa ao exercício empresarial em atividade específica pelo curto período de 180 (cento e oitenta) dias, período esse, em que há previsão para a continuidade da crise de abastecimento em produtos de assepsia e higiene para enfrentar o alastramento do coronavírus”. A Anvisa vai promover a fiscalização no que se refere à qualidade do produto.

Outras notícias

Todas as notícias
JFPR no Facebook (link externo) JFPR no Twitter (link externo) JFPR no Flicker (link externo)  JFPR no Youtube (link externo) JFPR no Instagram (link externo)

Aplicativos Eproc

Loja Google Play Loja App Store
www.jfpr.jus.br