Este Portal utiliza a tecnologia de cookies para melhorar sua experiência de navegação.

Para maiores informações, acesse nossa página de Política de Privacidade.

risco

Justiça Federal autoriza que servidora em grupo de risco realize trabalho em casa

2 de abril de 2020 - 11:06
Este navegador não suporta o leitor de texto.
Vários tubos de Becker na mesa e uma pessoa em pé com pipetas na mão
JFPR no Facebook
JFPR no Twitter
JFPR no Whats

Em tempos de coronavírus, com recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) para que grupos de risco evitem exposições a COVID-19, o juiz federal Friedmann Anderson Wendpap, da 1ª Vara Federal de Curitiba, concedeu liminar favorável  a uma servidora pública para que exerça suas funções laborais remotamente.

A profissional impetrou o mandado de segurança em face de omissão do Reitor da Universidade Federal do Paraná (UFPR) sobre o pedido de afastamento das atividades presenciais. A servidora, prestes a completar 70 anos, é portadora de diabetes, logo se encontra dentro do chamado grupo de risco. A autora trabalha no Hospital de Clínicas e exerce a função de farmacêutica/bioquímica.

“Nesta situação, apesar de não ter sido dado à autoridade impetrada tempo razoável para se manifestar sobre o pedido da impetrante, entendo que por prudência deve ser deferido o pedido de afastamento do trabalho presencial, cabendo à UFPR demonstrar que as funções exercidas pela impetrante são essenciais e que lhe são fornecidos os EPI’s adequados para proteção pessoal”, alegou o juiz federal em sua decisão.

A servidora deverá seguir as instruções que serão designadas pelo órgão a que está vinculada, sem prejuízo de sua remuneração.

Outras notícias

Todas as notícias
JFPR no Facebook (link externo) JFPR no Twitter (link externo) JFPR no Flicker (link externo)  JFPR no Youtube (link externo) JFPR no Instagram (link externo)

Aplicativos Eproc

Loja Google Play Loja App Store
www.jfpr.jus.br