Este Portal utiliza a tecnologia de cookies para melhorar sua experiência de navegação.

Para maiores informações, acesse nossa página de Política de Privacidade.

INSTITUCIONAL

Sala da Memória da JFPR recebe painel com a “Linha do Tempo” da Instituição

27 de janeiro de 2022 - 10:49
Este navegador não suporta o leitor de texto.
Imagem do painel instalado na Sala da Memória da JFPR. O painel conta a história da instituição.
JFPR no Facebook
JFPR no Twitter
JFPR no Whats

A Sala da Memória da Justiça Federal do Paraná, localizada no Foro Federal Manoel de Oliveira Franco Sobrinho, em Curitiba, recebeu, em uma de suas paredes, um painel vinílico contendo a “Linha do Tempo” da Instituição. Os principais marcos da História da JFPR constam do painel – a instalação no Estado, em 1891, a posse dos quatro primeiros Juízes após a reinstalação, em 1967, os servidores pioneiros, a inauguração de cada Subseção Judiciária e seus primeiros magistrados, a legislação mais importante de fundação e organização do Órgão, dentre outras informações fundamentais para a compreensão de seu desenvolvimento histórico no Paraná.

“Esta ‘Linha do Tempo’ vem destacar os fatos mais relevantes da História da Justiça Federal no Estado, homenageando a memória daqueles que a construíram ao longo de muitas gerações. Um importante implemento de informações para valorização e destaque de nossa Memória Institucional”, avalia o Juiz Federal José Antônio Savaris, Diretor do Foro da JFPR.

A Sala da Memória da JFPR foi inaugurada em 17/12/1990, na Sede então denominada Edifício Bagé – hoje Foro Federal Ministro Milton Luiz Pereira; em 2002, com a mudança da Sede para o Foro Federal Juiz Federal Manoel de Oliveira Franco Sobrinho, a Sala foi instalada em amplo espaço no térreo do prédio.

O acervo da Sala reúne objetos que pertenceram aos juízes da primeira fase (1891 a 1937), como escrivaninha e cadeira, máquinas de escrever, diplomas, caneta-tinteiro, e da segunda fase (1967 até hoje), como togas, fotos, livros, objetos doados pela família do Ministro Milton, além de 3 mil processos históricos, muitos manuscritos a bico de pena. A Sala pode ser visitada das 13 às 18 horas, de segunda a sexta-feira, na Avenida Anita Garibaldi, 888, Bairro Cabral.

Tópicos relacionados

Outras notícias

Todas as notícias
JFPR no Facebook (link externo) JFPR no Twitter (link externo) JFPR no Flicker (link externo)  JFPR no Youtube (link externo) JFPR no Instagram (link externo)

Aplicativos Eproc

Loja Google Play Loja App Store
www.jfpr.jus.br